Vigia de Nazaré - Pará - BR.

Vigia de Nazaré - Pará - BR.
400 Anos de fundação

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Cavalo parado

A cada dia que passamos vivemos muitas emoções, e no final de semana não foi diferente, quando fui prestigiar, juntamente com amigos, a inauguração de um barzinho, No local havia um campo de futebol, no qual estava tendo um jogo, que não me chamou a atenção. Apesar do som ALTÍSSIMO  que atravessava os cem metros de distância, infernizava o bom entretenimento que nos fora proporcionado, em algum momento avistei uns rapazes, montados em cavalos, foi o que me chamou a atenção, pois me lembrei dos velhos tempos, de Colégio Militar, onde minha arma era da Cavalaria, Então me dirigi até os cavaleiros, e pedir para dar uma passeada em um deles (cavalo), só por alguns minutos.
Saí todo empolgado e cuidadosamente direcionava o animal, que por várias vezes tombava parta dentro do campo, e eu com a experiência de três décadas, dirigia o cabresto pra fora do referido campo, cavalgando na classe, porém percebi que algumas pessoas estavam sentadas a borda do gramado, se levantaram e fastaram-se discretamente, talvez elas pensavam que eu poderia lhes atropelar. Coisa que em sã consciência, jamais permitiria. Fui me aproximando do barzinho inaugurado, quando pedi para um dos amigos, que estavam sentados na mesa, tirasse uma foto.
Não sei o que houve, ao se aproximar o fotografo, o cavalo, simplesmente parou de andar, ficou estático, sem se mexer, e eu querendo dar continuidade ao pequeno passeio, não conseguir mais movê-lo. Poxa, não perdi a posse, chamei imediatamente o dono do Mustangue e lhe pedi ajuda para descer. Estes foram os mais longos minutos de prazer que tive naquela tarde de domingo.
video
Agora me prometa, assista o vídeo, mas não ria kkkkkkkkk.