Vigia de Nazaré - Pará - BR.

Vigia de Nazaré - Pará - BR.
400 Anos de fundação

sábado, 4 de abril de 2015

MALHAÇÃO DO JUDAS

Dia de malhar o Judas.
O Sábado de Aleluia é marcado pela malhação de Judas, vários bonecos, feitos de pano, são colocados nos pôsteres e em lugares estratégicos. A um bom tempo os políticos brasileiros tem sido a figura preferida para ser retratado no boneco, como alvo da fúria de muitas pessoas, se bem que muitos desses vêm dando razão para esse grau de insatisfação popular. São um grupo de pessoas, uma classe ou categoria que aproveitam este momento para expressar seus sentimentos de repúdio.  
São criticas e manifestos de cada cidadão, descontente com alguns políticos e empresários, militantes que não estão agradando. O alvo retratado em um boneco de pano, recheado de serragem e pendurado como se fosse enforcado em algum poste da rua.

Esse ritual conhecido em todo o Brasil como malhação de Judas, ainda se mantem viva em várias cidades do país. A brincadeira chegou ao Brasil junto com a colonização portuguesa, onde representa o julgamento popular contra Judas Iscariotes, o apóstolo que traiu Jesus por 33 moedas de prata.

Na cidade de Vigia de Nazaré, nordeste do Pará, anônimos penduram no poste, ainda na madrugada, da sexta para o sábado, bonecos (Judas) com cartazes pendurados no pescoço, que traz a identificação do personagem e uma frase dizendo qual motivo da escolha.