Vigia de Nazaré - Pará - BR.

Vigia de Nazaré - Pará - BR.
400 Anos de fundação

quarta-feira, 4 de março de 2015

SP CENÁRIO DE GRANDES FUNERAIS

  
Nos últimos dez anos, muitos famosos brasileiros do meio artístico e televisivo, já se foram. Não seria possível descrever aqui todos, mas no momento sito alguns: Dercy Gonçalves, julho de 2008 (SP). Hebe Camargo, em setembro de 2012. Em 2014, José Wilker, abril. Paulo Goulart em março e Hugo Carvana em outubro, deixando assim, a TV brasileira mais carente de grandes talentos. Não podemos deixar de citar aqui uma pessoa que não é brasileiro, mas deixou um grande rastro de carisma e fãs, Roberto Bolaños, criador de personagens como Chaves e Chapolin.
A dor é igual para um familiar, amigo ou simplesmente um fã. Eu a
Dercy Gonçalves

Dona Summer

Hebe Carmargo

José Wilker

José Rico
dmito que ao tomar conhecimento da morte da Diva das discotecas, Dona Summer (maio de 2012) chorei, ela marcou profundamente minha adolescência, ou melhor dizendo, uma das melhores fases da minha vida.
A ouvir aquela noticia, um forte e frio sentimento dominou meu corpo, pareceu que minha veias estavam congelando, senti um vazio em Minh'alma.  
Agora em 2015, o ano iniciou com notícias péssimas, e como se não bastasse, ao iniciar o terceiro mês, recebemos mais essa, que com certeza, uma legião de apaixonados pela música sertaneja, não gostariam de ouvir. Foi a morte de José Aves dos Santos, que fazia dupla com Milionário. José Rico faleceu na manhã do dia 3 de março, em Americana (SP)

Sua morte provocou grande comoção no mundo fonográfico brasileiro, na sua maioria, no sul e sudeste, região onde é maior o número de simpatizantes por este estilo, o Sertanejo. Famosos como Leonardo, Michel Teló, entre outros foram prestar sua última homenagem ao amigo.