Vigia de Nazaré - Pará - BR.

Vigia de Nazaré - Pará - BR.
400 Anos de fundação

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Folclore

No dia do folclore, que se comemora em 22 de agosto. A Praça do Expedicionário foi palco das grandes manifestações cultuais da região do Salgado.
O evento é uma iniciativa da Associação dos Moradores do Bairro Arapiranga, da cidade de Vigia de Nazaré, que em 21 de abril do corrente ano surgiu para resgatar a cultura que estava na inercia, por algumas décadas, sendo esquecida no referido bairro.

O evento contou, em primeiro lugar, com a participação maciça da população, que tomou conta dos três cantos da referida Praça. As atrações foram tantas, entre elas, a presença do casal mirim de Porta bandeira e mestre sala da Escola de samba Caprichosos do Arapiranga; Grupo de Carimbó da terceira idade; Boi Tinga de São Caetano de Odivelas, entre outas. Além de artistas plásticos, que usaram, como tela, o muro da Escola Bibas, para expressar momentos que marcaram a história do bairro.
A associação vem se empenhando, sem medir esforços para promover a cultura e buscar a história que foi esquecida pelo tempo.

   

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

círio de penhalonga

Em unidade com a igreja, que vive o ano mariano, a Vila de Penhalonga (Vigia), celebrou no dia 20/08 o 66 º Círio de Nossa Senhora da Penha.

Toda a comunidade católica daquela vila se empenhou na organização da romaria do Círio que vão desde a preparação para o ato espiritual até a estrutura física.
Neste ano, o Círio teve início às 21h de sábado 19/08, com celebração da palavra na igreja da vila, conduzida pela Ministra da Eucaristia Micele Sousa, auxiliada pelos também Ministros, Maria Augusta França e Advenil Monteiro.
No momento do ofertório foi apresentado aos fieis, que lotavam a igreja, o novo manto, ofertado pelo luso-brasileiro e amigo da comunidade, Antonio Martins Morgado. O manto faz referência ao centenário das aparições de Nossa Senhora em Fátima/Portugal e foi confeccionado, em um trabalho primoroso, pelo renomado estilista Luiz Langer.

O manto foi apresentado e conduzido até ao altar pelo senhor Ricardo Nunes e sua genitora Osmarina Nunes.
Após a celebração, a imagem foi conduzida até a Berlinda, lindamente ornada com flores naturais doadas e decoradas, desde o ano de 2010, pelo Senhor Ricardo Nunes e que contou com a colaboração, na decoração, de uma equipe expert, composta por Ivair Brito, Luiz Carlos e Antônio Morgado. Neste ano predominaram na decoração da berlinda, flores em tom branco, que simbolizam o Perdão, a Paz, a Inocência, a Pureza e a lealdade.

Os penhalonguenses tomaram as ruas para a trasladação, entoando cânticos marianos e orações até a Capela de Nossa Senhora das Graças de onde saiu, na manhã seguinte, após a celebração da palavra, a procissão dos romeiros que percorreu as principais ruas do  vilarejo, com a participação de várias comunidades vizinhas e com diversas homenagens ao longo do percurso em frente às casas dos moradores, que fazem questão em homenagear a padroeira da Vila.




sábado, 9 de setembro de 2017

CÍRIO DE NAZARÉ 320

É no segundo domingo de setembro que ocorre o Círio mais antigo doestado do Pará. O Círio de Nossa Senhora de Nazaré. No sábado acontece logo pela manhã a procissão fluvial, e na chegada da imagem da Santa dar-se inicio a Moto-Romaria. São 15 dias de festa em louvor a Virgem Maria. O Círio de Vigia de Nazaré, é considerado Patrimônio Cultural e Imaterial Lei 7.270.